A Comunidade Peregrinos de Jesus


0 Flares 0 Flares ×

A- A gestação da Comunidade Católica Peregrinos de Jesus (CCPJ) teve início com o apelo interior a partir da Campanha da Fraternidade de 1985, com o tema: “Pão para Quem Tem Fome“, na paróquia Santa Rita de Cássia em Turiaçú, bairro desta cidade, onde se refletiu sobre o texto evangélico Mt 25,11-46.

Em 21 de junho de 1986, surgiu um grupo de pessoas sentindo o mesmo apelo anterior, da opção fundamental pelos pobres, que foi reavivado pela Campanha da Fraternidade de 1987 que tinha como tema: “Quem Acolhe o Menor Me Acolhe“.

Após três anos de oração, reflexão e preparação, 03 de julho de 1989, deu-se início ao CCPJ, com o fim de vivenciar a Palavra de Deus e seus sacramentos, tendo em vista a missão primordial de se colocar a serviço de Deus e dos homens, e especialmente dos pobres.

Impulsionou a ação da comunidade uma profunda experiência no amor de Deus, que nos levou a um questionamento da nossa realidade de pobreza, miséria, aparecimento de seitas e abandono. Esta ação guiada pelo Espírito Santo de Deus, surgiu em função da missão abordada em Mt 25,35: “…era peregrino e me acolheste…”.

B- Símbolo:

b1- Pomba: Mt 3,17 “Eia que dos céus se abriram e viu descer sobre ele, em forma de pomba, o Espírito de Deus…”;
b2- Folha de Oliveira: fidelidade à escute, em Gn 8,11 “Eis que apela tarde ela voltou, trazendo no bico uma folha verde de oliveira”;
b3- Aliança de Deus com seu povo: Gn 17,7-8 ” Faço aliança contigo e com tua posterioridade, uma aliança eterna…”
b4- As mãos representam a proteção de Deus e a acolhida que devemos dar aos irmãos: Mt 25,35c “Era peregrino e me acolhestes”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×